Kitty's Place

sexta-feira, julho 29, 2005

Pensamentos by Kitty (X)

Os filmes baseiam-se na vida real.
Feliz/Infeliz*mente não é na minha.

* Riscar o que não interessa!

Se escolheste riscar "Infeliz" e a tua vida aproxima-se de títulos como "O ataque dos tomates assassinos", "Pesadelo em Elm Street", "Halloween", e por aí fora... não passes perto de mim, que estou em querer que não sejas boa companhia... sendo o bom ou o mau, tanto faz!

Se riscaste o "Feliz" e o título do filme não tende para a ficção científica, nem para o horror, então, pensa que temos sempre bons e maus momentos na vida, há que aproveitar os bons, aprender com os maus e seguir em frente, não é? A não ser que o título seja sobre um filme de acção e aí... olha, o crime não compensa!!!!

Bom fim-de-semana!!! (e este não vou trabalhar, oba!)

4 Comentários:

Blogger Cruxe said... (8:15 da manhã)

O Ataque dos Tomates assassinos :D
Há anos que não ouvia falar nesse "Fabuloso" filme...... LOL

 
Blogger RossiSpyder said... (11:16 da manhã)

Hello.

Não risco “Feliz/Infeliz”… porque os dois fazem sentido.

Os filmes são como os sonhos ou como os pesadelos…
Porque nos sonhos procuramos a realidade,
Nas mentiras procuramos a verdade…
Nos pesadelos procuramos os nossos medos…

Os filmes retractam muitas vezes episódios, ou relembram
Flashes da nossa existência.
Têm o poder de potenciar os nossos sonhos, ou despertar/relembrar os nossos medos.
Também nos obrigam a questionar muitas vezes a razão da nossa existência.
Mas que sentido tem uma vida sem ser questionada…?
São apenas ficção, mas a ficção é o argumento baseado na realidade.
Crescemos a ver filmes que nos marcaram a personalidade.
Acho que o facto de podermos dizer que “Feliz/Infeliz*mente”
Determinado filme faze parte da nossa vida, “já vale um Óscar”.

Ps: Nunca vi o “O ataque dos tomates assassinos”…

 
Blogger Kitty said... (2:56 da tarde)

cruxe: há "o ataque dos tomates assassinos" e "o regresso dos tomates assassinos"... LOL

Embora nunca tenha visto nenhum dos dois foram títulos de filmes que sempre fizeram parte do meu imaginário... sim, porque segundo consta os filmes são tão maus (pudera, com aquele título) que mais vale imaginar a história! ;)

 
Blogger Kitty said... (3:01 da tarde)

RossiSpyder: eu sei que ambos fazem sentido. É a dualidade presente no ser humano.

Obviamente não há só momentos bons, mas também não há só maus momentos... e era mais isso que queria transmitir, para eu própria me poder lembrar, quando estiver mais tristonha ou com um ataque de mau-feitio!...

Kiss, Kiss! =)

PS: eu também nunca vi, mas sabes quem falava neste filme? A J. - a menina que fez aninhos no domingo passado...! ;-)

 

Enviar um comentário

Links:

Criar uma hiperligação

<< Kitty's Place