Kitty's Place

terça-feira, junho 28, 2005

Por uma vez...

... Tenham-nos no sítio, meus senhores. Têm uma maioria parlamentar e vão sujeitar um assunto delicado, como o aborto, a um referendo, tornando um tema, por demais, importante, numa qualquer arma de arremesso entre as diferentes cores políticas...

Vão sujeitar a aprovação desta matéria à população, lavando daí as mãos de qualquer responsabilidade – o povo decidiu, alegarão na devida altura - não tendo a coragem de pegar o touro pelos cornos.

Digam-me se isto faz sentido? Mas atenção: quem

- Não votou no anterior referendo, apenas porque estava um belo dia de praia ou
- Nunca sequer se recenseou (fiquei de veras abismada quando soube que, andava já na universidade, quase no fim do curso, colegas meus nunca se tinham recenseado... mas eram os primeiros a criticar – esquecessem-se da reciprocidade natural de tudo na vida – um direito, para que o seja, implica cumprir um dever)

escusa de comentar. Não tem grande sentido ouvir argumentos de quem se recusa voluntariamente a participar, quando é chamado, apenas porque quer ficar com o rabinho na praia, ou dá muito trabalho, ou não vale a pena porque fica tudo na mesma (pois fica, portanto da próxima votem nulo, em branco, num partido fictício, mas mostrem a vossa indignação, não a vossa indiferença).

Nota especial: como querem sujeitar o aborto a votação popular quando existem pessoas que, embora o tenham feito ilegalmente, teimam em votar Não... E atenção que não estou sequer a falar de quem tem posses! De mim só merecem desprezo, ou julgam-se melhores que os outros?

4 Comentários:

Anonymous cumixoso said... (10:01 da tarde)

Kitty! Eu voto se me derem garantias que conta para algo! No 1º referendo, fui votar mas como nao foi vinculativo, devido ao que referiste, foi desnecessario. Claro que no da regionalização nao meti lá os pés... Se fui votar para o boneco... Agora se o meu voto for "válido" vou votar "SIM". É a minha opinião e pode vir o mais pintado dizer o k ker k seja que não mudo o sentido de voto.

 
Blogger mfc said... (10:53 da tarde)

Votarei como no outro a favor da legalização.
Mas para quê referendo se há maioria mais que suficiente para, por via legal, o consagrar??!
Estes tipos são mais do mesmo...

 
Blogger Kitty said... (10:31 da tarde)

cumixoso: claro que conta para algo!!!!! Conta SEMPRE! A indiferença é a pior das opções! ;-)

(vou já adiantar que se é SIM parece-me um excelente voto! LOL)

 
Blogger Kitty said... (10:32 da tarde)

mfc: exactamente :-(

"Quando a cabeça não tem juízo
O corpo é que paga"

adaptado dá o seguinte:

Quando o governo não tem juízo
o tuga é que paga...

 

Enviar um comentário

Links:

Criar uma hiperligação

<< Kitty's Place