Kitty's Place

quarta-feira, junho 29, 2005

Momento musicol

Coberta de vergonha, cá venho eu dar continuidade à corrente musical, que me foi passada pela Didas, p'ra aí no século passado, dona de um magnífico estabelecimento comercial, sempre com pãozinho fresco e da qual sou orgulhosamente membro honorário!
Mas enquanto há vida, há esperança, logo cá estou eu!!!!

Tamaño total de los archivos de música en mi ordenador?
Eles são tantos que já lhes perdi a conta, mas são cerca de 30Gb, com tendência para crescer, assim haja espaço em disco e os downloads se despachem... (eu escrevi isto? Nego tudo – já agora têm a certeza que isto não foi uma corrente iniciada pela Judite?)

Último disco que me compré:
Espantem-se: não foi um, foram 3 - um para mim e dois para oferecer: para mim foi o Melhor do António Variação e para oferecer foi também uma cópia deste conjuntamente com o novo álbum dos Toranja.

Canción que estoy escuchando ahora:
Nada mais, nada menos que Enjoy the Silence – Depeche Mode.

5 canciones que escucho un montón o que tienen algun significado para mí:
Só escolher 5 é impossível... Não gosto de catalogar as coisas em este gosto e este gosto mais um pouquinho... Ou gosto ou não. Muito ou pouco. Agora top's é que não!

Tinha que passar por algo como U2, Guns n’ Roses (afinal foram a primeira paixão musical que tive, tenho cá os discos em vinil todos), Pearl Jam, António Variações, Bob Marley, Depeche Mode, e isto só para citar alguns, sem ordem aparente - a única certeza que tenho é que os U2 vêm primeiro!!! 

Y como no quiero ser menos que mi predecesor, aquí lanzo el testigo a otros 5 bloggers:
5, eles dizem 5? Não, não! Quem passar por cá e ainda não tiver respondido a esta corrente está oficialmente obrigado a continuá-la! ;)

terça-feira, junho 28, 2005

Por uma vez...

... Tenham-nos no sítio, meus senhores. Têm uma maioria parlamentar e vão sujeitar um assunto delicado, como o aborto, a um referendo, tornando um tema, por demais, importante, numa qualquer arma de arremesso entre as diferentes cores políticas...

Vão sujeitar a aprovação desta matéria à população, lavando daí as mãos de qualquer responsabilidade – o povo decidiu, alegarão na devida altura - não tendo a coragem de pegar o touro pelos cornos.

Digam-me se isto faz sentido? Mas atenção: quem

- Não votou no anterior referendo, apenas porque estava um belo dia de praia ou
- Nunca sequer se recenseou (fiquei de veras abismada quando soube que, andava já na universidade, quase no fim do curso, colegas meus nunca se tinham recenseado... mas eram os primeiros a criticar – esquecessem-se da reciprocidade natural de tudo na vida – um direito, para que o seja, implica cumprir um dever)

escusa de comentar. Não tem grande sentido ouvir argumentos de quem se recusa voluntariamente a participar, quando é chamado, apenas porque quer ficar com o rabinho na praia, ou dá muito trabalho, ou não vale a pena porque fica tudo na mesma (pois fica, portanto da próxima votem nulo, em branco, num partido fictício, mas mostrem a vossa indignação, não a vossa indiferença).

Nota especial: como querem sujeitar o aborto a votação popular quando existem pessoas que, embora o tenham feito ilegalmente, teimam em votar Não... E atenção que não estou sequer a falar de quem tem posses! De mim só merecem desprezo, ou julgam-se melhores que os outros?

segunda-feira, junho 27, 2005

Desde quinta...

...que não escrevia nada!

Só agora, que me preparava para responder aos vossos comentários (sim, porque não gosto de deixar comentários vossos sem resposta - embora ultimamente não pareça muito), é que notei que já se haviam passado alguns dias sem escrever...

Por falta de vontade, por falta de tempo... falta sempre alguma coisa e nada sobeja, não é verdade? Parece que teimamos sempre em reclamar, em vez de lembrar o que de bom se passa.
Eu então! Devo ser perita em reclamações em tudo e mais alguma coisa. Não consigo amenizar esta minha característica, por mais que tente. Por muito boa que seja qualquer coisa, tenho que reclamar sempre...! Verdade seja dita que, quando não reclamo, as pessoas acabam por estranhar!

Tenho gasto bastante tempo com o bookcrossing e, de um momento para o outro, embora já gostasse de ler, a chama reacendeu-se, com tal violência, que a minha pilha de livros para ler está a aumentar drasticamente.
Se ainda não conhecem esta iniciativa podem consultar o site de apoio em português, que se encontra aqui e o forum do bookcrossing em PT. Por lá estão sempre a ser divulgados novos livros que poderão ler. Se quiserem dar uma olhadela à minha estante, ela encontra-se aqui

Pelo meio é o trabalho a aumentar, a vontade que a diminuir, o calor que não dá tréguas...

... E fico sem tempo para grande coisa. Mas sinto que defraudo quem gosta de cá passar, assim como quem gosto de ler! Vocês também se sentem assim, quando ficam sem o tempo que desejam, para a blogosfera?
Gosto de comentar as vossas opiniões e nem isso vou acabar por fazer agora pois, entre a hora em que comecei a escrever este post e a hora que o termino ainda passam algumas horas, aliás, até mudou o dia...

Com formação agendada para as duas próximas semanas estou a ver que não é destas que me ponho a par de todos os meus vizinhos, ora bolas...

Seja como for: uma excelente semana!

quinta-feira, junho 23, 2005

Ainda vão a tempo...

... de adquirir o famoso colete reflector, pois só será obrigatório a partir do próximo dia 27 de Junho.

Eu só acho é que a DGV deveria criar uma coima adicional para quem colocar o belo do colete vestido no banco da viatura... ó gente!

quarta-feira, junho 22, 2005

Calcanhar de Aquiles

Sempre que se fala em matemática referem-se a esta matéria como sendo o calcanhar de Aquiles dos nossos estudantes…
Ponho-me a pensar (perigo) e chego à conclusão que o único motivo realmente válido para que assim seja é nascermos naturalmente BURROS para a matemática – a nossa inaptidão é inata. É o único fundamento que não tem remédio e que nos impossibilita de melhorar.
Afinal, ano após anos, esta pedra basilar da nossa educação continua a atormentar o sapato de todos, sem que se vejam grandes melhorias no horizonte.

É a única razão que me leva a aceitar as pessoas acharem-me um defeito da natureza (e aqueles que enveredaram por este tipo de estudos) quando digo que o meu curso é de Matemática (Aplicada à Economia e Gestão - MAEG).

Senti-me diversas vezes como um animal no zoológico:

- Então és de que curso: Economia ou Gestão?
- De nenhum, sou de MAEG.
- De MAEG?! QUE HORRRROOOOOOOOOOR! Mas até nem tens aspecto disso…

Conversas semelhantes a esta perdi-lhes a conta. Para se gostar de matemática é preciso, com certeza, ter-se alguma falha, ter um aspecto estranho, no mínimo, para que se aponte rapidamente o dedo e se diga – és um freak.

É uma matéria como outra qualquer – uns adoram, outros detestam. Expliquem-me o motivo de não se achar, por exemplo, que quem envereda por uma carreira na área da advocacia é uma aberração, mas se for um matemático, um engenheiro, enfim, alguém que lide com as ciências exactas, já se mostra uma certa renitência em perceber a razão daquela escolha.

Será uma questão de marketing? Publicita-se tanto a dificuldade que se tem neste tipo de matéria que, naturalmente, o colectivo ganhou-lhe uma certa aversão…

terça-feira, junho 21, 2005

Às 6:45...

... O Verão chegou!

Sol

Agora só faltam mesmo as férias!

domingo, junho 19, 2005

...

Foi um fim-de-semana para esquecer... temperaturas abrasadoras, um ambiente sufocante, incêndios e uma viagem a fazer, por um motivo que de nada tem alegre.

Já tinha o meu avô no hospital e, entretanto, a minha avó sofreu um AVC, ficando bem pior que ele (embora ainda ninguém saiba o que ele tem)...

Até quero desenvolver este tema, mas deixo aqui uma breve nota, que já não tenho cabeça para mais: independentemente daquilo que se tenha feito em vida, por muito má que uma pessoa tenha sido, ninguém merece morrer assim.
A minha avó não é uma pessoa - é uma papa deitada numa cama...

sexta-feira, junho 17, 2005

Como poupar algum tempo na blogosfera

O tempo é um recurso precioso. Porém, quando é pouco e, ainda para mais, queremos ter algum reservado para as leituras da blogosfera, torna-se crítico o facto de a nossa lista de favoritos aumentar bem mais do que o nosso tempo... Provavelmente debatem-se com o mesmo problema, não?

Pois é essa uma grande vantagem das Feeds XML, que provavelmente já ouviram falar, mas não sabem como tirar partido das mesmas: o Paulo Ribeiro, a quem eu muito agradeço, escreveu um bom artigo sobre o assunto, lá para o consultório. Leiam-no e aproveitem a ideia.

Já me inscrevi no bloglines e, de facto, poupa-se muito tempo, já que é apresentada logo a listagem dos blogs que já foram actualizados, não sendo necessária a abertura de todas as janelas (e como a net é lenta aqui...)!

Dêem uma vista de olhos :)

PS: arranjei mais um motivo para não gostar dos blogs da SAPO (que incompreensivemente, além do acesso MUITO lento, têm uma versão amputada dos blogs que a simplesnet oferece -> digo incompreensivelmente pois a simplesnet oferece a plataforma Movable Type, na versão 2.661 - que é totalmente gratuita: porque é que ainda foram amputar algo gratuito?!?!?!): Não fornecem feeds XML, logo não dá para saber quando são actualizados desta forma...

quarta-feira, junho 15, 2005

Não faço nenhum e depois?

Se as pessoas, neste país, aproveitassem metade da genica que têm ao:

- ir a funerais de estranhos (independentemente do respeito/importância que as pessoas tenham, que isso não está em causa);
- ir para a porta de tribunais passar o dia;
- parar para ver acidentes;
- coscuvilhar sobre a vida alheia;
- ...,

PARA TRABALHAR, iam ver que este país era o mais desenvolvido na Europa, quiçá do mundo...

segunda-feira, junho 13, 2005

Humor sem legendas (II)

Uma vez que não tenho andado nos meus dias, um momento de humor para descontrair. É sem legendas mas dou apenas uma dica: cuidado quando ficam bêbedos...

cuidado com as bebedeiras

quinta-feira, junho 09, 2005

Help! PSP!

Já há muito tempo que não vos apresentava aqui uma daquelas curiosidades curiosas

Precisam da PSP mas não sabem o n.º de cor... não se apoquem. Decorem apenas isto: 21POLICIA - é o n.º da PSP, que corresponde ao 217 654 242!

(já sabiam?...)

BC: Libertação Massiva de livros agendada para 10 de Junho

UPDATE 9/6/2005 - o post original é de dia 02.06.2005, mas assim fica com mais destaque - é já amanhã o grande dia.

Eu já decidi onde vou libertar os meus: no Parque da Cidade, no Barreiro!



Vou passar aqui a publicitar algumas das novidades do Bookcrossing - para que não caia no esquecimento e porque acho que é realmente uma boa iniciativa para ler mais.

Está a ser agendada uma libertação massiva de livros por todo o Portugal, programada para o dia 10 de Junho. Vá lá, ainda faltam uns dias. Vejam se querem libertar algum dos vossos livros, informem-se nesta mensagem no forum do Bookcrossing em português ou no site de apoio em português - Bookcrossing em Portugal.

Aqui fica um mapa de zonas onde já está confirmada a libertação de livros (mesmo que não queiram libertar ficam a saber onde podem apanhar algum):

quarta-feira, junho 08, 2005

E hoje é...

Dia Mundial dos Oceanos - Respeitem-nos!


Praia de Odeceixe

terça-feira, junho 07, 2005

Saga cinematográfica

O João já não devia ter grandes esperanças que eu respondesse ao seu desafio, mas a resposta pode tardar, mas não falha!

Qual o último filme que viste no cinema?
Bem, desde que recebi esta corrente já foram três: o Star Wars III - A Vingança dos Sith (gostei bastante, mas para quê aqueles sabres de luz?), Ruídos do Além (pelo sim, pelo não quando tiver a tv ou o rádio com estática fujo!) e, por fim, o Kung-Fu-Zão (eu gostei, embora houvesse muita gente desiludida no fim).

Qual a tua sessão preferida?
A da meia-noite, a não ser que seja o Star Wars (que foi à uma da manhã... ZZZZZZ)

Qual o primeiro filme que te fascinou?
Xiiiiii, não sei, os meus pais levavam-me a ver as matinés de desenhos animados e eu adorava (ainda adoro animação).

Para que filme gostarias de te ver transportado(a) ?
A verdade é que passamos a vida a imaginar como seria isto ou aquilo se uma pequena coisa mudasse. Esqueçam, isso não acontece. Mais vale viver e aproveitar ao máximo a vida que temos, independentemente das contrariedades que tenhamos, do que lamentarmo-nos sobre o que poderia ser

E já agora,qual a personagem de filme que gostarias de conhecer um dia?
Hum... pergunta difícil again... desde que não seja alguém de um filme de terror já não é mau!

E que actor/actriz, realizador(a), argumentista, produtor(a), gostarias de convidar para jantar?
Nenhum!!!! Obviamente não me conhecem... ia ter alguma indigestão só de estar na presença de alguém muito conhecido. Prefiro os meus amigos!

A quem vou passar isto?
A todos e a ninguém! Quem quiser responder está à vontade!

Cuidado com os assaltos - zona de Lisboa

Enfim, já devem ter percebido que o meu carro foi assaltado na sexta-feita.
Mas a peripécia não se ficou por aqui, é que nesta sexta-feira passada presenciei OUTRO ASSALTO.

Estava parada nos semáforos da Av. das Forças Armadas (cruzamento com aquela que vai para o Hospital de Santa Maria), em direcção ao eixo norte-sul.
Enquanto "brincava" com os restos mortais do meu vidro, coincidentemente, olhava pelo espelho retrovisor e vi uma mota (uma XT) ziguezaguear pelo trânsito (é o normal das motos), com dois tipos em cima.
Qual não é o meu espanto quando um deles parte o vidro do pendura de um carro, rouba a mala que estava no respectivo banco, pondo-se então em fuga.

Já tinha ouvido e lido sobre assaltos em filas, em que abrem as portas e aproveitam vidros abertos mas neste caso de nada serviu o vidro estar devidamente fechado. Eles partiram-no...

EVITEM TRANSPORTAR COISAS LEVES NOS BANCOS. Eles partem os vidros...

Se passam na zona do Hospital de Santa Maria tenham cuidado, falei com uma amiga que me contou já ter ouvido uma história semelhante nesta zona.
Isto aconteceu esta sexta-feira, dia 3 de Junho de 2005, por volta das 17:30...

Woogle

Procura de palavras cujo resultado é igual às imagens dessas palavras = Woogle!

Tentem, que os resultados podem ser bem interessantes. Deixo-vos aqui uns exemplos (os nomes dos meus blogs):

Image hosted by Photobucket.com Image hosted by Photobucket.com
Kitty's - Place

Contemplações
Contemplacoes

consultorio da kitty consultorio da kitty consultorio da kitty
Consultório - da - Kitty

Encontrado no Sopa de Pedra.

domingo, junho 05, 2005

Dia Mundial do Ambiente

"É claro que ninguém corre o risco de ouvir as palavras de um velho como eu. O homem pilha a natureza, mas a natureza acabará por se vingar! (...)
- Há serpentes nestes bosques?
- Ainda não é a estação, mas no início do Verão, quando o tempo estiver mais ameno, tornam-se perigosas.
- E animais selvagens?
- Não são eles que devemos recear, mas sim o homem! (...) Jovem, a natureza não assusta, o homem é que assusta! Basta-te familiarizar-te com a natureza e ela aproximar-se-á de ti. Quanto ao homem, se for inteligente é claro, é capaz de inventar tudo, desde as calúnias até aos bebés-provetas, mas, ao mesmo tempo, extermina todos os dias duas ou três espécies no mundo. É essa a frade humana."
in A Montanha da Alma, de Gao Xingjian


Como é possível fazer de um buraco numa árvore, o caixote do lixo?

sexta-feira, junho 03, 2005

Carta aberta ao Sr. Ladrão

Sr. Ladrão,

Deixe-me que lhe diga que estou muito descontente com o seu trabalho. Numa escala de 1 a 5 leva um 2 e isto porque conseguiu levar o auto-rádio completo.
Afinal de contas, se viu que não tinha arcaboiço para me arrombar a fechadura porque é que o tentou? Mete-se com carros que não domina e depois, além de tentar escavar a fechadura (bom, isso conseguiu, só não teve sucesso a entrar no carro desta forma), destruiu-me um vidro do automóvel. Ó Sr.! O carro é antigo, já viu? Agora sem um dos vidros, apanha uma corrente de ar e constipa-se. Não há direito. Ninguém respeita a idade...

Outro aspecto negativo foi o timing. Hoje é sexta-feira, agora a pobre viatura terá que passar todo o fim-de-semana sem fechadura a funcionar e sem vidro. Se tivesse atacado ontem convinha muito mais, até porque a loja tinha o vidro no armazém, hoje já estaria devidamente operacional. Assim, lá terei que aguardar pela segunda-feira, com o coração nas mãos, não vá o bichinho apanhar uma pneumonia.
Mais, foi logo escolher uma semana em que tenho a garganta inflamada de tal forma, que estou a tomar uma dose cavalar de antibióticos. Como é que agora vou afogar as mágoas? Nem sequer isso posso...

Porém, vou ter que lhe agradecer a sua decisão sábia em me partir o vidro em mil pedaços. Realmente o carro estava tão sujo, que já gritava por uma aspiração. Todos os dias fazia uma birra para saber quando ia ter direito a ver o aspirador.
Podia era ter quebrado o vidro de forma diferente. Entranharam-se tantos vidrinhos microscópicos nos dedos que, o simples facto de estar a escrever esta carta para si, se torna um verdadeiro tormento.

Por outro lado, e já que fiquei com ¾ do vidro repartido igualmente pelo chão e pelo meu banco, agradeço-lhe o cuidado extra de ter trancado a porta quando se serviu do que quis e se foi embora, afinal de contas, nunca se sabe os mânfios que andam por aí, não é?

Só tenho mais uma dúvida para si. Agora que estou sem auto-rádio, não sei o que faça à respectiva caixa e à garantia do mesmo? Vou propor-lhe uma troca, que tal? Devolve-me o bichinho e eu dou-lhe a garantia, ainda dá quase para um ano de assistência à borla. A mim parece-me um excelente negócio.

Ah! Ainda tenho que lhe agradecer o facto de ter deixado o meu identificador do parque de estacionamento, que contém o meu nome e extensão, no devido local, porque desse modo a colega que encontrou a viatura naquele lindo estado não me teria avisado e ainda tinha uma apoplexia quando lá chegasse... Assim, se tirou os dados do mesmo, se quiser, até pode escrever uma cartinha, a contar as novidades do negócio!

E termino assim a minha carta, dirigida a si, estimado ladrão, não sem antes lhe desejar que tenha espetado muitos vidros no cú, enquanto procedia à extracção violenta do meu rádio, já que foram muitos os que ficaram nos bancos e, uma vez que a sua mãe não teve a dignidade de se dirigir a uma carniceira quando soube que o ia ter, resta-me esperar que algum agente da autoridade lhe espete com uma bala no focinho.

Atenciosamente, a sua vitimizada

Kitty

Pergunta difícil

Qual é a melhor forma de terminar a semana? Assinalem a hipótese incorrecta:

. Ir de férias;
. Ganhar o euromilhões;
. Assaltarem-vos o carro?

quinta-feira, junho 02, 2005

Merda para o futebol

Isso, façam-lhe a vontade.
Eles é que ganham os milhões mas se não se fizerem sócios até Outubro ele amua e vai-se embora...

Entretanto o país avança para o buraco, but who cares?

quarta-feira, junho 01, 2005

Dia Mundial da Criança

Na altura em que escrevi este texto não me tinha lembrado do dia de hoje mas, releendo-o acho que se enquadra no espírito.

Parece um pouco prematuro andar a repetir textos mas, em comemoração do Dia Mundial da Criança (re)leiam isto: Dores de Crescimento.